GIGAT

Intercambio de trabajo en App+Saúde (UFPel – UNPSJB)

Intercambio de trabajo en App+Saúde (UFPel – UNPSJB)

Estudante da Faurb realiza missão em universidade argentina

2408215-11923599_1194213270605178_3907432986065799630_nA aluna da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFPel Jessica Helena Peixoto está, entre o dias 22 a 29 de agosto, em missão na Universiad Nacional de la Patagonia San Juan Bosco (UNPSJB), localizada em Comodoro Rivadavia, na Argentina. Financiada pela pesquisa “App+SAÚDE: Sistema georreferenciado e comunitário para a gestão, mobilidade e acessibilidade a saúde”, desenvolvido pelas duas universidades com recursos do CNPq.

O projeto pretende criar o sistema App+Saúde, que buscará registrar particularidades do acesso da população ao sistema de saúde pública tanto em áreas urbanas como rurais na região sul da América do Sul, por meio de um sistema de monitoramento georreferenciado e integral, que facilite a gestão da atenção sanitária pública, levando em consideração a acessibilidade e mobilidade dos usuários pelos espaços públicos. Neste sentido, se propõe abordar uma investigação interdisciplinar, que por sua vez gere um produto tecnológico que permita melhorar a gestão para o acesso a saúde publica.

O sistema organiza-se em três componentes: um sistema georreferenciado de monitoramento, utilizando SIG de plataforma livre, que organize os dados da saúde do lugar, que facilite as consultas, prevenção e prognóstico de eventos; um aplicativo para smartphones e tablets, de uso restrito aos agentes de saúde e outra de uso aberto para a carga dos dados por parte da comunidade, que permita fornecer dados ao sistema de monitoramento ; e um dispositivo metodológico de transferência de cartografia social para SIG, incorporando os elementos sociais, temporais, culturais e conjunturais no mapa geral.

Deste modo, se propõe avançar num duplo propósito: inicialmente na criação de um sistema que permita a gestão de dados de saúde com a participação de agentes de saúde, a universidade e a população, para posteriormente avançar na analise do funcionamento do próprio sistema de saúde e dos resultados e particularidades de acesso a saúde da população.

O projeto é coordenado no Brasil pelo professor do Laboratório de Urbanismo da UFPel, Eduardo Rocha, e na Argentina pelo professor Juan Manuel Diez Tetamanti, do IGEOPAT (UNPSJB). A iniciativa conta também com diversos bolsistas de graduação, pesquisa, extensão, além mestrandos e doutorandos de diversas áreas em ambos os países.

Si te gustó la nota ¡Compartíla!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *